O que é Anabolizante – Efeitos Colaterais do Uso


Anabolizantes são hormônios naturais e sintéticos similares à testosterona utilizados para o ganho de força e massa muscular, como a oxandrolona e o estanozolol. Os anabolizantes sintéticos podem causar efeitos colaterais diversos e graves quando utilizados indiscriminadamente e em excesso, como:

  • Retenção de líquido e inchaço;
  • Pele oleosa, acne e seborreia;
  • Estrias;
  • Crescimento excessivo de pelos, queda de cabelo e calvície;
  • Alterações na libido e infertilidade temporária causadas pelo hipogonadismo hipogonadotrófico (quando há diminuição da produção dos hormônios sexuais e dos espermatozoides);
  • Aumento da libido que cai drasticamente quando o indivíduo deixa de usar o produto devido à queda da testosterona;
  • Alterações de humor: o indivíduo pode ficar mais irritado e impulsivo, apresentar um comportamento agressivo e imprudente, desenvolver hipomania (o paciente fica mais disposto e alegre); bipolaridade (euforia e depressão alternadamente), ansiedade, desânimo, depressão, delírios, psicose e suicídio;
  • Hipertensão arterial, colesterol alto e aterosclerose (gordura nas artérias);
  • Aumento do coração, arritmias cardíacas e infarto;
  • Tensão muscular, ruptura do tendão e rabdomiólise (doença que afeta os rins devido à quebra súbita do músculo esquelético);
  • Efeitos tóxicos e doenças no fígado, especialmente/exclusivamente com esteroides 17α-alquilados;
  • Insuficiência renal aguda e aumento do tamanho dos rins;
  • Câncer: a OMS afirma que os esteroides anabolizantes são provavelmente cancerígenos quando utilizados em humanos;
  • Trombose e morte súbita.

Como os anabolizantes são derivados geralmente da testosterona, o hormônio sexual masculino, homens e mulheres podem sofrer efeitos colaterais específicos pelo excesso do hormônio no organismo.

Efeitos colaterais específicos dos anabolizantes em homens:

  • Distúrbios na ereção do pênis: ereções espontâneas, ereção noturna e disfunção erétil;
  • Ginecomastia (aumento das mamas em homens. Ocorre em quem utiliza esteroides anabolizantes aromatizáveis, ou seja, onde o hormônio masculino se transforma no feminino (estrogênio) e faz surgir características femininas);
  • Oligospermia (diminuição da secreção de esperma) e azoospermia (ausência total de espermatozoides no esperma);
  • Distúrbios nos testículos: atrofia (diminuição) e leiomiossarcoma intratesticular (câncer nos testículos);
  • Hipertrofia (aumento) da próstata e câncer de próstata.

Efeitos colaterais específicos dos esteroides anabolizantes em mulheres:

  • Virilização: desenvolvimento de características masculinas, como voz grossa e crescimento de pelos em locais que normalmente são comuns em homens (hirsutismo);
  • Distúrbios na menstruação: anovulação (ausência de ovulação que gera infertilidade temporária), diminuição ou ausência total da menstruação e aumento das cólicas menstruais;
  • Aumento do clitóris, diminuição dos seios e do útero;
  • Teratogenicidade (efeitos tóxicos e malformação em fetos femininos).

Efeitos colaterais específicos dos anabolizantes em crianças e adolescentes:

  • Baixa estatura em crianças e adolescentes devido ao fechamento prematuro das epífises, que consiste na consolidação definitiva dos ossos durante a fase de crescimento;
  • Meninos com puberdade precoce e meninas com puberdade atrasada (marcada pelo desenvolvimento das características sexuais).

Nomes de anabolizantes mais utilizados

Existem anabolizantes não só para promoverem o ganho de massa muscular mas também para emagrecer, secar e definir os músculos, em comprimidos, injetáveis, enfim, para todos os gostos, embora sejam utilizados ilegalmente na grande maioria das vezes (ou em todas elas).

Os nomes de anabolizantes mais utilizados são:

  • Decanoato de nandrolona (Deca-durabolinDurabolin): o anabolizante deca é utilizado para o ganho de massa;
  • Oxandrolona (Anavar): promove o ganho de peso e também é utilizado para emagrecer e secar, já que ajuda a perder a gordura corporal;
  • Acetato de metenolona (Primobolan Depot): anabolizante injetável e em comprimido utilizado para secar;
  • Estanozolol (Winstrol): também pode ser encontrado em comprimido e na forma injetável. Provoca ganho de massa muscular rapidamente;
  • Metandienona (Dianabol);
  • Cipionato de testosterona (Sustanon e outros);
  • Enantato de testosterona;
  • Undecilenato de boldenona (Equipoise): uso veterinário;
  • GH – Hormônio do Crescimento: o GH não provoca todos os efeitos colaterais causados pelos anabolizantes derivados da testosterona ou de uso veterinário, mas mesmo assim é prejudicial à saúde quando utilizado sem prescrição médica para outros fins aos quais não se destina.

Leia também:

Esteroides Androgênicos Anabólicos

Efeitos Colaterais do ADE

Anabolizantes – Protegendo o seu Fígado