Exercitando o Corpo na Terceira Idade


Exercitando o Corpo na Terceira Idade

A atividade física tornou-se a fórmula necessária para o fim do estresse, a falta de disposição e a prevenção de doenças e, para os idosos, a procura por essa prática vem se intensificando a cada dia. A prática de atividades físicas vem crescendo bastante entre pessoas acima de 60 anos e é aprovada e recomendada por profissionais da área de saúde. O estímulo da massa muscular e óssea através dos exercícios localizados com carga também chamados de exercícios resistidos, vem chamando a atenção de pesquisadores pela possibilidade de tratar a osteopenia e a sarcopenia.

Personal trainer with man in home gym

Prevenindo Doenças com Exercícios Físicos

No início houve uma resistência a essa proposta. Os exercícios com peso eram anaeróbios, de alta intensidade, fazendo com que a pressão arterial pudesse aumentar excessivamente durante a prática desses exercícios. Após estudos realizados, ficou comprovado que, se bem orientados, há segurança e eficiência nos exercícios com pesos para idosos, pessoas debilitadas ou doentes. O trabalho de musculação mostrou benefícios positivos na densidade óssea, fazendo com que o risco da osteoporose se reduzam consideravelmente, e também benefícios no que diz respeito a melhoria ou eliminação de doenças cardiovasculares.

A atividade física para idosos é muito importante pois ajuda na execução de tarefas básicas do cotidiano, proporcionando um fortalecimento geral da musculatura, articulações e tendões, aumentando a disposição, diminuindo o risco de quedas durante uma simples caminhada e preservando no idoso uma vida mais independente e cheia de conquistas, não só no aspecto físico mais também no aspecto mental e psicológico do idoso.

12345 (1 votes, average: 4,00 out of 5)

Faça um comentário!