DMIT – dor muscular de início tardio – o que é e como amenizar

» » DMIT – dor muscular de início tardio – o que é e como amenizar
  

Muitas pessoas acreditam que a dor que se sente após uma sessão de treinamento é normal e que sem ela é como se o treino feito anteriormente não tivesse obtido efeito. Mas, será que essa dor sentida é realmente necessária para alcançar os resultados almejados?

O que é a DMIT

Nas academias ou centros de treinamentos espalhados, não apenas pelo Brasil, mas em todo mundo, a dor muscular de início tardio (DMIT) parece motivacional baseada no tema: No Pain, No Gain (sem dor, sem ganho), mas isso não é bem verdade.

A dor muscular de início tardio (DMIT), na maior parte das vezes dá se pela ocorrência de traumas mecânicos nos músculos que resultam em inflamações que ocasionam a dor sentida após os treinamentos. Trata-se, portanto, de uma resposta que o corpo do adepto fornece a alguma lesão ou infecção.

A dor muscular de início tardio pode ser considerada normal quando é consequência de micro traumas mecânicos e os mesmos devem desaparecer em pouco tempo. A DMIT faz parte do processo normal de hipertrofia muscular. Porém, quando as lesões se estendem por um tempo maior podem estar ligadas a uma lesão muscular mais séria ou ligamentar.

Como tratar a DMIT

A DMIT não precisa, em termos gerais, de um tratamento, pois é uma resposta normal do corpo ao esforço feito anteriormente. Porém, para aqueles que precisam de alto rendimento ou que se sentem muito afetados pelo incómodo, algumas ações podem ser tomadas.

  • Procurar fazer exercícios aeróbicos em intensidade reduzida logo após a carga recebida pelo treino habitual, assim parte do ácido lático acumulado nos músculos será dissipado
  • Usar suplementação para estabilizar o PH do sangue
  • Procurar uma dieta adequada a cada tipo de treinamento
  • Saber dosar a carga de treino com os períodos de descanso

Não se preocupe em usar remédios à base de paracetamol ou anti-inflamatórios para tratar a dor muscular de início tardio, pois lembre-se que ela é uma resposta natural do corpo a algum esforço que ele faz para obter resultados.