Avaliação Muscular

Definição Muscular


 

forca

Sendo a força muscular um componente da aptidão física, torna-se importante desenvolver meios que permitam quantificar a força de de· terminado músculo ou grupo muscular. As informações recolhidas são( importantes para os técnicos que têm de trabalhar com o atleta.

No início da época desportiva os atletas apresentam uma atrofia mus­cular relativa, decorrente do período de repouso caracterizado pela ine­xistência de treinos intensos. Também após uma lesão há caracteristi­camente atrofia muscular devido ao desuso por inactividade. Nestas duas situações a quantificação da força muscular permite ao preparador físico e ao médico tomarem conhecimento do estado do músculo em termm de força, compará-la com determinações efetuadas noutras alturas da época desportiva (no final, no chamado «pico de forma”, antes de E lesão ter ocorrido, etc.) e prescreverem os exercícios de tonificaçãc muscular considerados mais convenientes.

A comparação da força entre vários atletas da mesma modalidade e relacioná-la com a respectiva performance, permite aos técnicos unu melhor análise da prestação desportiva de cada um dos atletas.

A avaliação da força muscular pode ser efectuada por:

a) técnica manual, que no sistema de Lovett utiliza como critérios objectivos a força da gravidade e a resistência. A classificação é baseada:

  • na amplitude do movimento
  • no efeito da gravidade
  • na quantidade de resistência gerada pelo atleta.

Como facilmente se conclui, trata-se de uma técnica bastante subjetiva, que dificilmente poderá ser útil na comparação entre os atletas e que enferma de algumas causas de erro, como sejam a experiência, a posição, etc.

b) técnicas mecânicas.

Vejamos alguns dos aparelhos/sistemas desenvolvidos:

  • Dinamómetro isocinético da Cybex, no qual há controlo da velocidade do movimento e durante o qual se pode medir a força de con­tracção muscular desenvolvida sobre a articulação.
  • Verificador muscular manual de Nicholas-Ismat (ISMAT – Institut of Sports Medicine and Athletic Trauma)

Trata-se de um aparelho portátil que é interposto entre a mão do exa­minador e o membro a testar e objectivamente regista a força necessária para eliminar o movimento. É um aparelho de muito fácil utilização.

  • Electromiografia (EMG). A força muscularoé determina­da a partir da soma dos potenciais de acção, pois os autores têm verifi­cado que existe um aumento paralelo entre a amplitude na EMG e o aumento da força muscular.
  • Através da colocação sucessiva de pesos nas máquinas de musculação, em que os atletas terão de ir vencendo a resistência pro­porcionada pelas cargas adicionadas. Trata-se de um método de fácil execução e sem dúvida o mais disponível.

 
 

Deixe sua nota para esta postagem:

12345 (AINDA SEM VOTOS, VOTE!)
Loading ... Loading ...



© 2013 Musculação e Cia
Política de Privacidade - Termos de uso