Melhores Anabolizantes para Ganho de Massa – Os Esteroides Mais Usados


Anabolizantes esteroides (à base de hormônios) são os tipos de anabolizantes mais usados por quem quer ganhar massa magra e crescer os músculos rapidamente. Os anabolizantes mais utilizados são:

  • Anavar (Oxandrolona);
  • Primobolan (Mentelona);
  • Anabol (Metandrostenolona);
  • Deca-Durabolin (Decanoato de Nandrolona);
  • Durateston;
  • Winstrol (Stanozolol);
  • Hormônio do Crescimento (GH);
  • Anabolicum Vister (Quimbolone);
  • Equipoise (Undecilenato de Boldenone).

Esteroides androgênicos anabólicos, mais conhecidos como anabolizantes, são hormônios sintéticos geralmente derivados do hormônio masculino testosterona. Os anabolizantes promovem o crescimento ósseo e muscular, mas seu uso indiscriminado também pode gerar efeitos colaterais muito perigosos à saúde!

Tipos de anabolizantes mais usados para ganhar massa magra

Os anabolizantes esteroides mais utilizados para ganhar massa magra são:

  • Anavar (Oxandrolona)

A oxandrolona tem como efeito principal um aumento moderado de força e possui médio potencial anabólico (promoção do crescimento muscular). É muito utilizado como esteroide feminino porque não causa muitos efeitos colaterais, incluindo a retenção hídrica, e não é altamente androgênico, ou seja, não estimula em excesso o desenvolvimento de características sexuais masculinas.

Anavar também pode ser encontrado na forma de esteroide oral, sendo uma opção de fácil acesso e ingestão. Outra aplicação muito pouco conhecida é como um agente anticatabólico. Neste caso ingere-se mínimas quantidades da droga por dia.

Doses:

Deve-se considerar um consumo distribuído da Oxandrolona durante o dia, a fim de garantir suas concentrações plasmáticas.

  • Para aumento de massa muscular: as dosagens devem ser maiores que 80 mg;
  • Para aumento de força: podem ser administradas dosagens que variam de 40 mg a 80 mg;
  • Para mulheres: as dosagens visando o aumento de massa muscular assim como a redução de gordura corpórea podem ser de 20 mg chegando até 100 mg;
  • Como anti-catabólico: a droga pode ser dividida em 2 ou 3 tomadas diárias de 5 mg;
  • Período de “ponte” até à terapia pós-ciclo: são eficientes doses de 5 mg a 20 mg.

Quando administrada em doses baixas, os efeitos colaterais podem ser desconforto abdominal, enjoos ou diarreia. No caso de superdosagem, os efeitos colaterais incluem mal-estar geral, queda de cabelo, acne, pele oleosa, diarreia, irregularidades menstruais, dores no estômago, enjoos e inchaço. A maioria dos efeitos são reversíveis com a descontinuação do uso da droga.

  • Primobolan (Mentelona)

Primobolan é um dos anabolizantes mais utilizados pelas mulheres e é uma excelente droga para ciclos de definição ou visando ganhos musculares. Provoca ganho moderado de massa muscular e seu potencial androgênico também é mediano, além de ter atividade antiestrogênica.

Alguns efeitos colaterais são acne e queda de cabelo, mas costumam ser bem tolerados mesmo com a administração em doses altas. As doses mais eficientes utilizadas para o injetável costumam ser de 300 a 500 mg por semana. Na versão oral as doses mais eficientes devem ser altas, por volta de 80 a 100 mg dia.

  • Anabol (Metandrostenolona)

Em doses adequadas, o uso de Anabol causa potenciais ganhos de força e volume muscular em pouquíssimo tempo de uso, causando retenção hídrica. Pode causar também ginecomastia e acne. O Anabol aumenta a síntese proteica e diminui sua degradação.

O uso de Anabol é feito em um ciclo de 12 semanas seguidas. Após tal ciclo, o intervalo é de duas semanas. A sugestão de uso é ingerir 2 cápsulas de Anabol pela manhã durante o desjejum e outras 2 à noite, após a janta.

  • Deca-Durabolin (Decanoato de Nandrolona)

Deca possui boas propriedades anabólicas, mas pode causar retenção de líquidos. A nandrolona atende o público masculino em especial, mas é utilizada por mulheres que visam ganhos realmente significativos. Além disso, pequenas doses são suficientes para grandes resultados.

Deca não costuma produzir muitos efeitos androgênicos e possui uma baixa aromatização (conversão da testosterona em estrogênio que causa ginecomastia, acne, retenção hídrica e acúmulo de gordura em homens).

Doses:

Normalmente é administrada com algum tipo de testosterona de éster médio ou curto.

  • Ganho de massa muscular nos homens: 100 mg a 2000 mg;
  • Iniciantes: 200 a 600 mg por semana;
  • Mulheres: 25 a 50 mg são mais do que suficientes.

Os efeitos colaterais da Deca-Durabolin são perda de cabelo, espinhas na pele, diminuição da próstata, perda da libido, ginecomastia, disfunção erétil e problemas cardiovasculares.

  • Durateston

Durateston é composto por 4 tipos de testosterona: decanoato de testosterona, fenilpropionato de testosterona, isocaproato de testosterona e propionato de testosterona. A droga possibilita o crescimento muscular e proporciona diminuição da gordura corporal.

É importante salientar que a testosterona se converte em hormônio estrógeno (hormônio feminino), podendo causar acne, ginecomastia, aumento de gordura corporal, atrofia testicular, diminuição da libido, hipertensão, retenção de líquido, entre outras reações.

Doses:

Durateston é habitualmente usada em ciclos intercalados ao longo das semanas com outras drogas, em doses de 250 mg, 500 mg e até 1 g da droga em uma única semana. A dosagem das outras drogas pode potencializar ainda mais os efeitos colaterais, o que torna o custo-benefício da droga não vantajoso.

Outros efeitos colaterais são problemas urinários, queda de cabelo, problemas de colesterol, problemas cardíacos, distúrbios nos rins e no fígado. Nas mulheres, os efeitos colaterais mais comuns são crescimento de pelos, queda de cabelo, engrossamento da voz, ciclo menstrual desregulado, infertilidade, hipertensão e doenças cardíacas.

  • Winstrol (Stanozolol)

O winstrol provoca pouca retenção de líquidos, porém contém pequenas taxas anabólicas. O stanozolol é uma droga muito utilizada em ciclos para redução do percentual de gordura e para definição muscular.

Doses:

As doses mais utilizadas são de 100 mg dia sim, dia não, para a versão injetável ou tomadas de 50 a 100 mg todos os dias, na versão oral, a cada 6 h. Para mulheres a dose recomendada é de 5 a 10 mg por dia.

As injeções de stanozolol podem ocasionar dor e muito incômodo. A hepatotoxicidade pode ser relativamente alta com o uso da droga. Ela é relativamente segura para mulheres por ter perfil androgênico baixo. Os efeitos colaterais são vômitos, enjoo, queda de cabelo, perda de libido, hipertrofia cardíaca e hepatotoxicidade. Quando ingerido oralmente podem surgir também acne, problemas de insônia e ansiedade.

  • Hormônio do Crescimento (GH)

O Hormônio do Crescimento é uma proteína e um hormônio que estimula o crescimento e a reprodução celular em humanos e outros animais vertebrados. O GH proporciona aumento de massa muscular, melhora da aparência da pele e diminuição do percentual de gordura.

É preciso ter cuidado com a administração do hormônio, pois ele pode ocasionar sérios problemas no organismo. Em doses elevadas há aumento da glicemia, podendo causar até diabetes e até gigantismo (quando utilizado na fase de crescimento), acromegalia (quando utilizado na fase adulta), cardiomegalia, câncer (o GH alimenta tumores), entre outros.

  • Anabolicum Vister (Quimbolone)

Anabolicum Vister possui efeito anabólico restrito e faz mais efeito em atletas que estão iniciando o uso de esteroides. É um anabolizante considerado fraco com efeito anabólico que estimula a síntese proteica. Além disso, causa uma baixa retenção de água e sal. Diferente de outros anabolizantes, o Anabolicum Vister não causa danos ao fígado.

Os homens geralmente precisam de uma dose bastante elevada para conseguir resultados (80 a 120 mg), enquanto mulheres conseguem um ganho muscular com apenas 20 a 40 mg por dia.

  • Equipoise (Undecilenato de Boldenone)

Apesar de ser uma droga para uso veterinário, Equipoise é muito utilizada com a Deca e proporciona excelentes efeitos anabólicos, mas pode causar toxicidade ao fígado. É uma droga de vida longa e pode ser facilmente detectável em exames antidoping.

Equipoise apresenta efeito anabólico com pouca aromatização (transformação da testosterona em estrogênio), proporcionando crescimento muscular e vascularização dos músculos aumentada.

Doses:

  • Homens: 150 a 300 mg por semana;
  • Mulheres: 50 a 100 mg por semana.

Nas mulheres pode ocorrer engrossamento da voz, aumento da oleosidade da pele, acne, problemas de infertilidade e irregularidade da menstruação. Outros efeitos colaterais são: possível desenvolvimento de câncer de próstata ou fígado, aumento do apetite, agressividade, hipertensão, cefaleia, ginecomastia, disfunção sexual e retenção de líquidos.

Atenção: O uso de esteroides anabolizantes não deve ser feito por conta própria e para finalidades a qual não se destinam originalmente. Consulte sempre o médico e cuide de sua saúde.


Leia também:

O que é Anabolizante e Seus Efeitos Colaterais

Esteroides Androgênicos Anabólicos